Roupas No Varal

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Passo todo dia ao cair da tarde em frente a casa onde estás morando
E fico a olhar com desejo louco toda sua roupa no varal secando
Vejo a camisola que usou à noite e as outras peças, que exagero seu,
Por que tanta roupa se era suficiente pra aquecer seu corpo só os braços meus.

Eu queria ser uma dessas peças,
Pra ficar colado em seu corpo lindo
Nem que fosse apenas por algumas horas,
Durante a noite quando estás dormindo.

Eu tenho inveja do sol que lhe beija, da água que a sua roupa lavou
Da espuma branquinha que levou embora todo seu perfume que nela ficou
E lá do varal toda a sua roupa provoca desejo que até arrepia
Porque imagino seu corpo sem elas e eu sentindo sua pele macia.

Eu queria ser uma dessas peças
Pra ficar colado em seu corpo lindo
Nem que fosse apenas por algumas horas
Durante a noite quando estás dormindo.

Las canciones más vistas de

José Fortuna en Octubre