Secundária

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu secundária pós dissidente
Acato o fato na mão
Perdi sucupira no fogo braseiro
Mas tenho mais uma canção

Vivi por uma nova chance
Eu sei, meu bem

Dê me as candeias, novas braúnas
E as embaúbas viris
Deixem as folhas novas ou secas
Nutrindo a minha raiz

Vivi por uma nova chance
Eu sei

Foi lá que o ar de um recomeço
Vem bravo querendo rasgar o chão
Ou é a nota sobre o silêncio
Ou é a pausa e a reversão

Pequena moça, nova senhora
Tudo ainda há pra viver
Enquanto há cura, enquanto há curva
Tudo pode acontecer

Vivi por uma nova chance
Eu sei


Autor(es): Bernardo Do Espinhaço

Las canciones más vistas de