Sempre é Tempo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Acordar, olhar pro lado e te ver,
Me esquecer de tudo,
Cores vivas regendo as sensações, simples e belas

Bom é viver, sem medo de errar,
Sem dor, sem culpa,
Sem ter que pedir perdão por tentar

Quantas vezes me perdi
Pelas trilhas do luar
Por querer me enganar,
Quantas vezes prometi
Mais que eu pude dar
Mas sempre é tempo
De começar de novo

Estações e seus ciclos,
Solução pra nós, pra nós
Infinitas chances
O universo diz: saibamos jogar

Bom seria
Se ninguém tivesse que sofrer
Pra conseguir viver em paz,
Ser feliz e só, nada mais


Autor(es): Henrique Pappatella