Celso Fonseca

Sem Resposta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Já não sei porque
finjo não entender
O código preguiçoso dos teus olhares sutis

Tento te esquecer
fujo prá não deixar
legítimos sentimentos
ainda sem resposta

Como um vento que ameaça
voce
Bate sempre tão forte porque
Chuva de verão é voce
Tempo que nunca passa
voce

É melhor assim
Vou deixar ficar
a dúvida insistente nesses desejos banais

Juro que eu tentei
Tantas vezes quis
Dizer que ficar contigo
Me deixa tão feliz

Como um vento que ameaça
voce
Bate sempre tão forte porque
Chuva de verão é voce
Tempo que nunca passa
voce


Autor(es): Celso Fonseca

Canciones más vistas de

Celso Fonseca en Septiembre