Radiola

Samba Abrupto

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Samba, suor e cerveja
Só em outros carnavais
Ainda bem que não Caetano
Se bem que Jorge, Gil não lembra mais
Moraes na moleira por muito tempo
Hoje Jobim me satisfaz
Pra quê Cartola na fogueira
Se do samba não largo mais?

Tudo Tim, Tim por Tim, Tim
Passou numa carreira
Bossa Nova bem baixinho
Lá vem a bagaceira
Melodia transviada
Descendo a ribanceira
Michael Jackson do Pandeiro
Só em outros carnavais

Ó meu amor eu vou te encontrar na sexta-feira

Ô mariposa, ô mariposa, ó minha nega
No Carnaval todo mundo é igual
De pierrô e colombina chega
Eu sei que não vai me fazer mal

Samba, suor e cerveja
Meu bloco de carnaval
Nem de Chico ou Noel
Com João não era mau
Fevereiro já foi bom
O surdo-mudo nada faz
Da cuíca ouvia o som
Só em outros carnavais

Uma estrela para mim
Atrás do seu anzol
Os pandeiros gigantes
Um espelho para o Sol
No cérebro magnético
O chá da casa da Lua
Ó borboleta magnética
A minha dança é toda sua
Dama misteriosa
Arcabouço miocárdio
Prefiro morrer velho
Do meu samba eu não largo

Obá, obá


Autor(es): Alan Abreu / Fabinho / Felipe Kowalczuk / Germano Estácio / Larriri Vasconcelos / Tadeu Mascarenhas