Senzala do Barro Preto

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

É na senzala do barro preto
Que busca o sentimento
Deus espimi a escuta
A lua clareia o céu
O sol aquece o ar
E quem vive de sonho
O vento sopra o mar

É nan nan o o o
É nan nan

A mãe da chuva
A mãe preta do meu pensamento
Pujança esperança da força
Que ergue o meu cantar
Me levando
Em direção ao templo
Singela a beleza e riqueza do orum do gantois

É por amor, é por amor
Que eu vou pra lá
É por amor, é por amor a a a a a

Kerê, aqui não tenho pressa,
Okerê, é o mundo que me leva,
Okerê, clamo pela Deusa do Ébano.

Canciones más vistas de

Banda Mel en Enero