Dora Vergueiro

Samba Valente

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


DAQUELE JEITO
(Carlinhos Vergueiro, Afonso Machado, Dora Vergueiro)

Deixa a poeira baixar
Espera a menina cansar
No pé diz tão bem
Que não tem ninguém prá desbancar
Musa da rapaziada
Blusa estampada de flores
Dona de muitos amores
Joga prá ganhar
No clima da batucada
A moça domina a quebrada
Na palma da mão
Rainha da calçada
É lá que eu vou desfilar
No ritmo que ela inventar
A fim de um pouco de atenção
Pula prá cá que o samba é bom
Teu rebolado é o que há
Vem prá ficar mudar
O tom da gente
Daquele jeito swingado
Só ver mexer já é pecado
E o pecado mora do meu lado

Linda demais prá arriscar
Ainda não posso sofrer
Perder antes de começar
Não pode ser pior
Faz o barraco cair
Tremer sacudir balançar
E o povo querendo saber onde ela vai parar
Jeito perfeito de ser
Defeito não vejo nenhum
Melhor remediar
Não dá prá prevenir, não
Difícil de resistir
Destrói a família de um
Não tem perdão prá quem errar
Vem prá mostrar quem manda aqui
Pode chegar que é logo ali
Que ela rabisca no salão sem pena
Daquele jeito swingado
Só ver mexer já é pecado
E o pecado mora do meu lado


Autor(es): Afonso Machado / Carlinhos Vergueiro / Dora Vergueiro