Sangue Quente

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Já brincou de amor sem poder amar
Quis no infinito se encontrar
Decididamente quis filosofar
Que a gente erra só por não tentar

Já brincou de amor sem poder amar
Quis no infinito se encontrar
Decididamente quis filosofar
Que a gente erra só por não tentar

Isso é que é ter o sangue quente
Quer colher o fruto sem plantar semente

Quis cantar estrelas sem ter luar
Já sofreu sem nunca ter uma dor
Já subiu o morro sem saber sambar
E ficou feliz só por que tentou

Viver o amor é querer bem
É o dom do bom, é tentar alguém

Quis cantar estrelas sem ter luar
Já sofreu sem nunca ter uma dor
Já subiu o morro sem saber sambar
E ficou feliz só por que tentou
E ficou feliz só por que tentou


Autor(es): Moacyr Silva / Nonato Buzar

Las canciones más vistas de

Elizeth Cardoso en Septiembre