Sanha Na Mandinga

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Na beira do São Francisco
Eu quero me deitar
Eu quero namorar
Não vou ao correio não
Não tenho a intenção de lhe telegrafar BIS

Certa vêz em Carianha
Escutei uma façanha
Que se deu em Paratinga
Muita manha, muita pinga
Unia terra muito estranha

Uma sanha na mandinga
Uma dor que não se acanha
Um horror que não se vinga BIS

(Na beira do .......)

Diz que em Bom Jesus da Lapa
Quando a noite cai de chapa
E a memória faz um dique
Queima o sol em Xique-Xique
Um dilúvio pelo mapa

Mansidão de piquenique
Quando a rôlha não destapa
E a coragem vai a pique BIS

(*Na beira do ........)

Despenquei de Pirapora
Rolei mais de uma tora
Dobrei mais de uma esquina
Quase chego em Petrolina
Um passado de senhora

Num futuro de menina
Correnteza que apavora
Paradeiro que confina BIS

Na beira do São Francisco
Eu quero me deitar
Eu quero namorar
Não vou ao correio não
Não tenho a intenção de lhe telegrafar
De lhe telegrafar
De lhe telegrafar...

Las canciones más vistas de

Cacaso en Septiembre