Sindicato do Crime

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Um dia você se
Encontrará de frente
Com o inimigo
E irá atirar
Procure sua treta
Resolver, tiro no peito
E na cabeça até morrer

Nem pense em ter dó,
Se ele pega sua
Garganta ele dá um nó
Segure sua arma firme
Sindicato do crime

Então você faz uma fita
E no meio da presepada
Você tromba a polícia
Os tiros começam a
Trocar, a sua vida ou
A deles irá acabar

Nem pense em ter dó,
Se ele pega sua
Garganta ele dá um nó
Segure sua arma firme
Sindicato do crime

Em outra ocasião
É cagüetado
E cada vez mais,
Fica injuriado
Na febre do rato
De pegar o safado
Cagüeta sem vergonha
Morre esfaqueado

Las canciones más vistas de

Agrotóxico en Noviembre