Semeando Sorriso

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Minha escola, meu coração, Tijuca
Pisa forte nesse chão, Tijuca
É tão lindo o pavilhão
Amarelo ouro e azul pavão
Quem me ensinou soube aprender
É tempo de amar, plantar e colher

Tambores ecoaram no infinito
Do céu vieram riscos em dourado
Do barro fez-se o homem neste dia
No ventre deste solo abençoado

Percebeu que era parte
Do todo e por tudo isso tinha sorte
Viveu entre cores e tanta beleza
Flores, perfume, riqueza

Águas cristalinas nos rios e mar
Da mãe terra, pátria tão gentil
Semente do criador
País do agricultor
Que o destino brotou Brasil

Pé descalço à beira da estrada
Suor no rosto, mãos calejadas
Quando a viola chora pelo seu amor
Toca no peito do matuto sonhador

Missão de achar solução
Trazendo da plantação
O sustento da família
O pão nosso de cada dia

Semear protegendo a fertilidade
Garantindo a prosperidade
Com amor e tecnologia
Levanta poeira e batalha

Planta direto na palha
Encontra seu paraíso
Canaã da fartura, sorriso
É hora de começar
O baile pra colheita festejar


Autor(es): Aurelio Proença / Naldo Da Carne De Sol / Pretinho da Serrinha / Thompson Rodrigues

Canciones más vistas de

Wander Pires en Febrero