Sempre Cedo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Chamo porque o dia é claro
E o vento leve varre as folhas secas dessa praça
Porque digo sempre viva quando vejo você
Percebo como tudo flui no seu silêncio
Nenhuma fala nunca é solitária
Chamo diária e eternamente

Chamo até por que me esqueço
E queimo a ponta dos dedos fazendo fogueira
Gastei meu último sapato e não tenho mais nada
Refiz mil vezes o caminho que me leva ao seu verão
Quando você se foi
E meu olhar se perdeu no vão

Percebo como tudo flui no seu silêncio
Nenhuma fala nunca é solitária
Chamo diária e eternamente

Chamo até porque me esqueço
E queimo a ponta dos dedos fazendo fogueira
Gastei meu último sapato e não tenho mais nada
Refiz mil vezes o caminho que me leva ao seu verão
Quando você se foi
O meu olhar se perdeu no vão

A tarde com você voou
E é sempre cedo
Eu sempre cedo
Eu sempre cedo


Autor(es): Vander Lee

Las canciones más vistas de

Vander Lee en Octubre