Sem-vergonhar Mais Eu

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A quem toca forró

Puxe o fole bem puxado
Num baião ou num xaxado
Qu'eu quero ver a poeira levantar,
No zabumba, bata forte
No compasso de um xote
Qu'eu quero ver o meu peito zabumbar,
Seu triangueiro, o arrastado
Depende do seu tocado,
Toque alto que o silêncio faz mal
Forró igual ao pé-de-serra,
Com esse cheirim da terra
No mundo não tem igual - num tem não
Forró igual ao pé-de-serra,
Com esse cheirim da terra
No mundo não tem igual

Vem balançar mais eu, que é bom, vem forrozar mais eu, que é bom,
Vem pegar na minha mão, vem me fazer um cafuné,
Alimentar o meu amor, que é muito bom,
Vem xamegar mais eu, que é bom, sem-vergonhar mais eu, que é bom
Vem lambuzar o meu sorriso c'um taco do teu batom,
Vem espantar a minha dor


Autor(es): Xico Bizerra

Canciones más vistas de

Xico Bizerra en Enero