Joca Martins

Só Resta o Retrato

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Fui num baile afamado onde vadiava a cordeona
Tinha muita querendona, chegava a andar atropelando
Então me peguei olhando pra uma flor bela e trigueira
E pensei hoje o romance vai empeçar com uma vaneira

A criatura era doce como mel de lechiguana
E fazia dez semanas que eu andava no exílio
Fazendo papel de filho que só anda no castigo
E por isso meus amigos nós "bailava" fazendo trilho

Dando um "traile" daquele baile, "ansim" fazendo um relato
Eu e a linda no bailado parecia carrapato
De tanto amor que brotava "inté tiremo" retrato

Fizemos juras de amor, mais um lote de promessas
Quando uma paixão começa o "enredume" não tem preço
Se enxerga o mundo do avesso, também de pata pra cima
Me olvidei de relancina e não fiquei com o endereço

Hoje só resta o retrato daquela deusa gaúcha
E quando a saudade me puxa uma dor vem de sinuelo
Eu bailei com uma modelo das revistas do meu pago
E só de lembrar tomo um trago e imagino ela d'empelo!


Autor(es): Joca Martins

Canciones más vistas de

Joca Martins en Abril