Nando Reis

Sutilmente

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Quando eu estiver morto
Suplica o que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Dentro do mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti
Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce
Mas quando eu estiver morto
Suplica o que não me mate
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti
Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe

Besta é tu, besta é tu
Besta é tu, besta é tu
Besta é tu, besta é tu
Besta é tu, besta é tu

Não viver nesse mundo (besta é tu)
Se não há outro mundo

Por que não viver?
Não viver nesse mundo
Porque não viver?
Se não há outro mundo


Autor(es): Nando Reis / Samuel Rosa

Sutilmente de Nando Reis

Esta canción aparece en 7 discos


Turnê Jardim-Pomar, Rio de Janeiro/RJ - 12 e 13 de Maio de 2017, #8 (Ao Vivo)
2017

Turnê Jardim-Pomar, Rio Grande do Sul/RS- Abril 2017, #5 (Ao Vivo)
2017

Turnê Jardim-Pomar, Fortaleza/CE 08-Abril-2017, #4 (Ao Vivo)
2017

Turnê Jardim-Pomar, Recife/PE 07-Abril-2017, #03 (Ao Vivo)
2017

Turnê Jardim-Pomar, SP 1-abril-2017, #02 (Ao Vivo)
2017

Turnê Jardim-Pomar, SP 31-março-2017, #01 (Ao Vivo)
2017

Voz e Violão: No Recreio, Vol. 1 (Ao Vivo)
2015
Ver todos los discos