Tão Iguais

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não precisa dizer nada, deixe que a lágrima
Role do seu rosto mais uma vez
Amanhã já é outro dia
Nem sempre a gente sabe o que fazer

Quando o silêncio vem me encontrar
E a solidão vem me lembrar
Transforma o pensamento em melodia
Não adianta fingir que está tudo bem

Quem não tem coragem, não tem saída
Todos os dias são tão iguais

Não precisa dizer nada, deixe que a lágrima
Role do seu rosto mais uma vez
Talvez seja melhor para nós dois
Amanhã já é outro dia
Nem sempre a gente sabe o que fazer

Quando o silêncio vem me encontrar
E a solidão vem me lembrar
Transforma o pensamento em melodia
Não adianta fingir que está tudo bem

Quem não tem coragem, não tem saída
Todos os dias são tão iguais