Dalva de Oliveira

Teus olhos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Esses teus olhos tão negros
Tão meigos, tão tristes escondem uma dor
São como as noites vazias
Sem canto, sem vida, sem sonho de amor

Ah se teus olhos soubessem
O quanto desejo não vê-los chorar
Esqueceriam a tristeza
Haveria alegria em teu doce olhar

Olha querido os meus olhos
Procura entendê-los, procura encontrar
Toda a ternura e o desejo de ter-te em meus braços
De a ti sempre amar

Quero esses teus olhos tão negros
Tão meigos, tão tristes não mais vê-los chorar
Quando unidos num beijo
Sentir que os teus olhos de amor vão sonhar


Autor(es): Geraldo Lacerda / Luís Américo

Canciones más vistas de