Teu Tempero

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu não dou bolas pra ninguém, meu bem
Eu não dou bolas pra ninguém
O meu chamego é só teu
Só teu, só teu, não adianta nhenhenhém
Eu provei do teu tempero, meu bem pelo cheiro
O teu gosto é bom de mais
A comida quando é boa a gente nunca enjoa
Como até cair pra trás

Quanto mais eu vou me encostando
Mais você vai se chegando
E a gente se entrega
Sou eu te dando e tu me dando
Dois pombinhos se amando
É um segura e pega
Eu não dou bolas pra ninguém
Porque eu te quero muito bem, e além do mais
A comida quando é boa a gente nunca enjoa
Como até cair pra trás


Autor(es): António Barros

Las canciones más vistas de

Mestre Zinho en Octubre