Xuxa

O elefante feliz / serenata do grilo / croc croc

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu tenho um orelhão
Eu tenho um narigão
E cabe o mundo inteiro dentro do meu coração
Eu tenho um orelhão
Eu tenho um narigão
E cabe o mundo inteiro dentro do meu coração
Eu tenho um orelhão
Eu tenho um narigão
E cabe o mundo inteiro dentro do meu coração
Eu tenho um orelhão
Eu tenho um narigão
E cabe o mundo inteiro dentro do meu coração
Eu sou grandão, pesadão, comilão mas eu sou feliz, feliz
Eu quero ver você fazer o que eu faço com a ponta do nariz
Eu sou grandão, pesadão, comilão mas eu sou feliz, feliz
Eu quero ver você fazer o que eu faço com a ponta do nariz
Meu pé parece uma pizza gigante
Minha orelha é muito grande
E eu sou muito elegante
Eu sou de circo, sou famoso, sou artista, dançarino, equilibrista, sou até comediante
Eu sou guloso, gosto de amendoim
De uma bocada como um saco de capim
De gole só bebo toda uma piscina
E quando a refeição termina, vinte quilos de pudim
Eu sou enorme e o meu nome é elefante
E o meu coração gigante não cabe dentro de mim
O grilo preparou a serenata
O grilo afinou seu violão
O grilo foi pulando pela mata
Tão alto, quase nem tocava o chão
O grilo escreveu uma poesia
Com tudo o que guardou no coração
Fez versos tão bonitos
Todos cheios de emoção
Palavras de amor e de paixão
Chegou na casa dela bem debaixo da janela
E foi logo abrindo o vozeirão
Cri, cri, cri, cri, cri
Canta o grilo para sua namorada
Cri, cri, cri, cri, cri
A canção que escreveu pra sua amada
Cri, cri, cri, cri, cri
Canta o grilo para sua namorada
Cri, cri, cri, cri, cri
A canção que escreveu pra sua amada
Croc-croc, croc-croc
Croc-croc, croc-croc
Pula, pula, pula
Pula e faz firula
O sapinho lá de casa
Pula, pula, pula, pula
Pula, pula, pula
Pula e faz firula
O sapinho lá de casa
Pula, pula, pula, pula
O sapo pula pula
Entrou lá na minha casa
Da porta da cozinha
Foi atrás da criançada
Vovó soltou um grito,
Pois estava bem deitada
O sapo deu um salto
Bem em cima da almofada
Pula, pula, pula
Pula e faz firula
O sapinho lá de casa
Pula, pula, pula, pula
Pula, pula, pula
Pula e faz firula
O sapinho lá de casa
Pula, pula, pula, pula
Croc-croc, croc-croc
Mas que sapinho feio
Pisca o olho sem parar
Croc-croc, croc-croc
Que baita confusão foi me arrumar
Croc-croc, croc-croc
Mas que sapinho feio
Pisca o olho sem parar
Croc-croc, croc-croc
Que baita confusão foi me arrumar.