Helder Moutinho

Trago A Saudade Esquecida

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Trago a Saudade esquecida Guardada em versos passados Quase morta, adormecida
Na rua dos meus pecados

E agora canto à coragem
De cantar até morrer
Como um rio que não tem margem
E não pára de correr

Canto as estrelas e o mar
Canto o sol que aquece a dor E é num leve respirar
Que não me esqueço do Amor

Agora já
está esquecida
Esta saudade de amar
Não guardo saudade à vida
Que me ensinou a cantar

Canciones más vistas de

Helder Moutinho en Agosto