Trancão de Baile

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

De baile que bota o povo na sala
Ao som da gaita baguala
Incendeia a bailanta
E a polvadeira já levanta no salão
E eu firme nesse trancão
Me desmanchando na vaneira
Sou bom de dança e não me entrego pro cansaço
Vou firme nesse compasso
No balanção da vaneira
E num gaitaço de balançar os arvoredo
Dou de mão no chinaredo
Atravesso a madrugada

Nesse tranco campeiro bamo chacoalhar!
Bamo que bamo pra lá,bamo que bamo pra cá
Marca véia bem boa de se balançar
Bamo que bamo pra lá,bamo que bamo pra cá
Meta gaita gaiteiro pro baile incendiá
Bamo que bamo pra lá,bamo que bamo pra cá
O povão tá na sala querendo dançar
Um trancão bem gaúcho de se desmanchar

No toque véio da cordeona fandangueira
Não perco uma vaneira
Atracado no salão
Corre nas veias esse sangue fandangueiro
De amanhecer no entreveiro
Num fandango de galpão
Não sou daqueles que vem pra ficar parado
Olhando o baile botado
Sem dançar com a mulherada
Vamo gaiteiro meta mais uma vaneira
Que eu me agarro na morena e a festança tá formada!

Las canciones más vistas de

Grupo Rodeio en Agosto