Trens madrugueiros

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quando o trem apitava
Eu era pequeno e sabia
Era alguém que chorava
Era alguém que partia
Menino só fantasia
Pegava a imaginar
Quantos mundos inda havia
Eu queria viajar
Iam os trens madrugueiros
E roncavam os aviões
E os cavalos tropeiros
Deixavam recordações
Eu queira viajar
Mundo gira, gira voa
Hoje eu quero chegar
Mundo gira, gira à toa
Hoje eu quero chegar
Ah meu amor me espera
Num pedaço do caminho
Que entre idas e vindas
Eu quero chegar sózinho
E quando cantar a cigarra
Quando a lua for luar
Eu numa tarde de maio
Meu amor quero voltar
Esquecer dos motores
Galopes, asas ligeiras
E só ouvir as viagens
Do Nordeste nas mangueiras
Ah meu amor me espera
Num pedaço do caminho
Que entre idas e vindas
Eu quero chegar sózinho
E quando cantar a cigarra
Quando a lua for luar
Eu numa tarde de maio
Meu amor quero voltar
Esquecer dos motores
Galopes, asas ligeiras
E só ouvir as viagens
Do Nordeste nas mangueiras
E só ouvir as viagens
Do Nordeste nas mangueiras


Autor(es): Abel Silva / Dominguinhos

Las canciones más vistas de