Tributo Aos Reis da Estrada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Tá vendo aquela nebulosa lá no céu azul
Brilhando com a intensidade de milhões de sóis
É o carreador celeste dos caminhoneiros
Anjos da estrada, antigos pioneiros
Quando chega a noite ligando os faróis
Escute aquela trovoada que antecede a chuva
É o ronco dos trucões lotados cantando pneus
A carga de estrelas brilhantes nas lindas carretas
É a luz dourada formando cometas
Fiéis motoristas nas missões de Deus

Esta é minha homenagem aos motoristas
De mãos calejadas, coração de artistas
Que enfrentaram lama, veredas e trilhos
Pilotos de peito de aço e bons estradeiros
Quem tem puro sangue deixa bons herdeiros
Feito uma doença contamina os filhos

Tá vendo aquela cor vermelha no entardecer
E os raios faiscando o espaço entre mil trovões
É a poeira de um comboio lá no firmamento
E o fogo e as centelhas nos escapamentos
No acelerado dos seus caminhões
Caminhoneiro quando acaba jornada da vida
Vai ser outro caminhoneiro em outra dimensão
Deixa seu filho pra ser um outro rei do asfalto
Assume o volante na estrada do alto
No azul infinito da imensidão

Las canciones más vistas de

Sérgio Reis en Agosto