Um Homem Sem Rosto

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Ruas a noite, a cidade é cruel
No meio dos carros, o inferno e o céu
Eu olho de longe ela passar
Amando por dentro o que eu não posso tocar

Um homem sem rosto
Ela olha e não me vê
Me sinto tão mal
Vou sair, ir e voltar,
Vou cair, levantar sem medo

Um homem sem rosto
Ela olha e não me vê
Me sinto tão mal
Vou sair, ir e voltar,
Vou cair, levantar pra sempre

Ouço o silêncio
Nada sai do lugar
Vejo em câmera lenta
O relógio parar

O tempo é o castigo
Eu sei porque me sinto assim
Os dias de chuva
Eu sinto pena de mim


Autor(es): Dinho Ouro Preto

Canciones más vistas de

Capital Inicial en Febrero