Celso Fonseca

Um Mundo Estranho

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Onde eu vou nem eu
Ninguém atravessou até o fim
Mais perto nem o sol ousou chegar
A onda no lençol guardei prá mim
Matéria da memória

Já passou, meu amor
Foi só um dia estranho
Nada mais peço a deus
Que o dom de esquecer

O que eu sou nem eu
Ninguém me navegou até o fim
E assim me acostumei a não viver
A vida que eu sonhei de eu me lembrar
Tornou-se a minha vida

Meu amor, já passou
É só um mundo estranho
Coração que é ateu
Só deus para entender


Autor(es): Celso Fonseca / Ronaldo Bastos

Canciones más vistas de

Celso Fonseca en Septiembre