Última Noite

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu nesta noite vou fazer a despedida
E nesta taça vou brindar o meu adeus
Porque a mulher que arrastou-me nesta vida
Sem piedade se afastou dos braços meus
E para sempre estas frases deixo escrito
Pra esta ingrata relembrar onde estiver
É o lamento de uma ilusão maldita
De quem se perde pelo amor de uma mulher

Estou bebendo nesta noite derradeira
Estou bebendo nesta taça de amargura
Pois só resta desta ingrata aventureira
Esta saudade que me maltrata e me tortura
Adeus ingrata sei que nuca mais te vejo
Só tua imagem acompanha os meus passos
Mesmo sabendo que o teu maior desejo
É ter a sina de viver de braço em braço

Meu grande erro foi ter deixado sozinha
A minha mãe que sofreu tanto por mim
Eu fui embora em pensar na coitadinha
Que tanto chora por me ver bebendo assim


Autor(es): Benedito Seviero / Zalo

Canciones más vistas de

Zilo e Zalo en Enero