Rubinho do Vale

Verde Maravilha

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O verde é maravilha, fruta de quitanda
O sol quando brilha tem cor de ciranda
A água do rio molha o campo
E o meu coração bate pilão
O galo canta no quintal
O boi amassa o pasto da manhã
Cana de açúcar no canavial
O gosto doce, cheiro de hortelã
Maria foi o nome da empregada
Bateu pilão na beira da estrada
Fez um colar de bolinhas de gude
Na beira do açude ela vai cantar
E o meu coração bate pilão


Autor(es): Ruy Maurity

Canciones más vistas de

Rubinho do Vale en Septiembre