Universo Da Ausência

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meu amor está tão longe
E eu me sinto tão só
Não tenho forças sem ela
Sua voz ao telefone
Melhor seria sua boca
A sussurrar
A roçar o meu ouvido
A dizer baixinho
As confidências de nós dois

Meus olhos te vêem na distância
Onde quer que tu estejas
Meu pensamento te alcança
Como um raio de sol
Teu sorriso me invade
Como a miragem de um oásis
E me deixa feliz
Fugazes visões se desfazem
E mostram um frio calendário
A me dizer (a me dizer)
Falta muito
Um relógio devagar
Sem pressa pra minha hora

A hora do reencontro
A ânsia do teu abraço
A hora de sentir
Teus lábios e teu calor

Com tua presença tudo
Se transforma em harmonia

Meu mundo retorna
Ao seu lugar
Porque anda perdido
No universo da ausência

Sem ti não há rumo

Meu mundo fecha os olhos
Sozinho na penumbra
E delira inquieto
No sono sem sossego

Meu mundo só volta a viver
Quando tu voltas pra mim

Com tua presença tudo
Se transforma em harmonia

Meu mundo retorna
Ao seu lugar
Porque anda perdido
No universo da ausência

Sem ti não há rumo

Meu mundo fecha os olhos
Sozinho na penumbra
E delira inquieto
No sono sem sossego

Meu mundo só volta a viver
Quando tu voltas pra mim

Com tua presença tudo
Se transforma em harmonia

Meu mundo retorna
Ao seu lugar
Porque anda perdido
No universo da ausência

Sem ti não há rumo

Meu mundo fecha os olhos
Sozinho na penumbra
E delira inquieto
No sono sem sossego

Meu mundo só volta a viver
Quando tu voltas pra mim

No sono sem sossego

Meu mundo só volta a viver
Quando tu voltas pra mim

Las canciones más vistas de

Klebber Max en Noviembre