Vim Para O Fado

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vim para o fado e fiquei...
Sou corda de uma guitarra
A que mais geme e soluça
E em vez de vestir samarra
Uso a sombra de uma capa
Que me tapa e me destapa
Se o meu corpo se debruça

Se quizeres saber de mim
Onde me perco encontrado
Pergunta aos guardas da noite
Pergunta às portas fechadas
Pergunta às mulheres compradas
Pelo fantasma do fado
E aos fadistas tambéPorque todos me conhecem
Mas se vires que me entristecem
Nào digas à minha màe
Jà tenho novos amigos
Que me oferecem de beber
Mas ninguém mata esta sêde
Esta sêde de esquecer.

Vim para o fado e aqui
Em cada noite perdida
Mais fado hà na minha vida
E mais me lembro de ti
Do amor que nào te dei
Vim para o fado e fiquei !


Autor(es): Júlio de Sousa

Canciones más vistas de