Volta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Volta
Sufoca minha liberdade
Condena minha integridade
E o resto de orgulho que eu tenho
Eu deixo até pela metade
Mas, volta
Que eu erro assumindo os teus atos
Contanto que eu durma em teu quarto
E tenha do que me lembrar
Quando me arrepender deste trato
Invente que agora vai ser diferente
Que eu juro que até acredito
E no fundo, eu aposto, eu consigo,
Uma vez, uma vez, quantas vezes for dito
Mas, volta
Que eu me deixo ser enganado
Às vezes brincar de amado
Faz bem pra qualquer solidão
Se machuca ou não, pouco importa
Depois a saudade suporta
Melhor que viver folha morta
Me engana, me dana, me ama
Mas, volta


Autor(es): Isolda

Las canciones más vistas de

Nelson Gonçalves en Septiembre