Vem Pra Roda Prá Versar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vem cá, vem prá roda prá versar
Vem cá, vem prá roda prá versar
Pois pagode não é onda
É samba do bom e vai continuar
Reuni o baluartes daqui de São Paulo
Vê só como fica
Chegando na roda, gingando e versando
O grande Oswaldinho da Cuíca
Eu cantei partido alto
Sambei no asfalto
Cantei no terreiro
E preste atenção olha aqui meu chegado
Sou considerado pelos partideiros
Vem cá, vem prá roda prá versar
Nosso samba não tem falha
Não é fogo de palha, vem do coração
Bom sambista não se atrapalha
Nem pega migalha. Diz aí Geraldão
Sou sambista verdadeiro, malandro, maneiro
Ninguém engana
Passei pela Glória, Peruche e Bexiga
Tudo começou no Largo da Banana
Prá cantar no improviso
Somente é preciso ter a vocação
E deixar fluir os versos
Que vêm lá do fundo do seu coração
Quando eu pego na viola
E ouço acordes do meu violão
Meu sexto sentido me manda um aviso
Que já está nascendo mais uma canção
É bonito é bacana
A Beth Carvalho aqui na Paulicéa
Cantando prá esse povo maneiro
Aqui no SESC Pompéia
Sou da Estação primeira
E a minha bandeira plantei nesse chão
Por isso é que canto com muito carinho
A esse povo que mora no meu coração

Las canciones más vistas de

Beth Carvalho en Septiembre