Erivaldo de Carira

vou te matar de cheiro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Tô doidinho, prá me deitar naquela cama
Tô doidinho, prá me cobrí com teu lençol
Doidinho, prá te matar de cheiro, soprá no candeeiro
Deitá nos travesseiro e começá nosso forró (2x)

E hoje aconteça o que aconteça
Vai ter amor da cabeça até o dedão do pé
Quem é que não qué o nheco nheco
Balançado, furruçado cum fungado e cafuné

Canciones más vistas de