Mc Orelha

VIDA MAL PLANEJADA

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Muleque doido menor suicida
Entra paz e a guerra, entre a morte e a vida
Entre tantos só mais um, muleque contenção
É ele mesmo boladão aos 15 de peça na mão
Vou falar da vida triste que teve esse muleque
Vida triste essa que nem um ser na terra merece
Lembranças boa só do tempo do orfanato junto com seu irmão brincando lado a lado
Tudo era tão legal tudo era novidade
Mas dentro dele existia uma curiosidade
Da onde vim, onde sou, porque aqui estou, cade meu pai minha mãe
Que nos abandonou
Era só ele e o mano era só o mano e ele
E quanto mais eles crescia cresciam o amor deles
O amor puro verdadeiro amor de irmão
Infelizmente interrompido no processo de adoção
Lagrimas caiam no menor neste estante
Separados pelo homem unidos pelo sangue
Dai pra frente oque se vio foi seção de porrada
Fruto de uma adoção mal planejada
Fugi-o de casa antes dos 15
Órfão de sociedade abordados pelo crime
Então qual foi já é olha o muleque
Ai pronto pra derruba quem quiser ver lo cair
Varios anos se passaram sem esquecer do irmão
Foi quando já experiente assumi-o o morrão, então...
Não ficou só nisso não
Oi der repente alerta de operação
E no pinote tudo aconteceu quando de frente com um cana no beco ele bateu
Mas que sufoco foi olho no olho
E mesmo pronto pra atira a sua mão tremeu
E de baixo da farda seu irmão reconheceu
Ganhou na luta da vida mas no crime ele perdeu
Não resisti-o se rendeu.

Canciones más vistas de

Mc Orelha en Marzo