Aldir Blanc

Vitória da Ilusão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Carnaval
Relicário de uma tradição
Imortal vitória da ilusão
Carnaval, coração...
Bordadeira e carpinteiro
Armam outro Rio de Janeiro
Escultor, artesão
Carnaval passional:
Velas de serpentina
A alma de isopor e purpurina...
Carnaval, missa campal do povo brasileiro
Onde a hóstia sagrada é o pandeiro
Carnaval, celestial império do trambique
Onde o crente idolatra o repique
Rio que passa e que não passou
Chama devassa purificou
O meu sentimento na contradição de um ritual
Carnaval anormal:
O menino é menina
E o doutor juiz é a bailarina...
O carnavalesco é um deus maldito
E isso é que é bonito: recriar a criação
Pamplona, Julinho, Joãozinho Trinta dão a pinta
Que nada se acaba quando é feito por paixão
Arlindo Rodrigues, Fernando Pinto, isso é lindo!
- das cinzas à Ressurreição!


Autor(es): Aldir Blanc / Moacyr Luz

Canciones más vistas de

Aldir Blanc en Octubre