Viva a Bota e a Bombacha

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vai escutando meu verso que é uma verde seu moço
O rio Grande esta mudado, agora sim, é um colosso
Acabou-se os cola finas que nos chamavam de grosso
Viva a bota e a bombacha, viva o lenço no pescoço.

Antes tempo o nosso traje na cidade era uma afronta
Era tanta gozação que eu até perdi a conta
A gravata imperava no salão de ponta a ponta
Hoje a bota e a bombacha e o lenço tomaram conta.

Hoje em nossa sociedade todo gaucho se iguala
Vive no mesmo galpão proseando na mesma fala
É o rio Grande do Sul de bombacha, bota e pala
Que fez da veste gaúcha o nosso traje de gala.

A nosso mulher gaucha beleza do meu rincão
É a razão e o motivo a grande transformação
Fez a prenda e o piazito ter amor no coração.
Pelas coisas do Rio Grande e aguacha tradição.

É grande a felicidade quando alguém nos segue a trilha
Comunga no mesmo mate nos costumes da família
Fazendo da tradição a sua maior partilha
Dividindo com quem chaga a herança farroupilha.


Autor(es): Aldo Corso / Gildinho

Canciones más vistas de

Os Monarcas en Enero