Juruna

Você Não É a Única


Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você não é a única...

Duvido que você não sinta
A ausência do meu corpo quente
Modo único de beijar
Fazer a pessoa viajar

Esnobou, fez o que fez
Pensou que eu não tinha coragem
A vida não se resume a beleza
E sim atitude firmeza

Teve chance de se corrigi
Eu conheço esse jeitinho aí
Não vou cair de novo
Continua fazendo papel de bobo

Não sou o homem mais rico
Mas atenção e companheirismo
O esforço que eu fiz pra te agradar
Raramente outro vai encontrar

Você não é, você não
Você não é não
(a única smorffete)
A única

O remorso agora te consome
Se vale o que você come
Na próxima vai fazer diferente
Ninguém é seu cachorro na corrente

Aliás, que gosto tem
Ter um robô que faz o que quer
Cadê a surpresa, a naturalidade
É uma chatice de verdade

Poderia ter sido amor
Não sei de quem você herdou
Esse nariz empinado todo
Espero que aprenda com esse tombo

Cedo ou mais tarde, sei que vai
Solidão nesses casos é eficaz
Tô em outra, fica na sua
Boa sorte na próxima aventura

Você não é, você não
Você não é não
(a única smorffete)
A única

Vai achando que é do jeito que você pensa
Que vai me fazer de capacho
E não vai dar em nada

Todos têm o seu limite
Aí que o bicho pegar
Você gosta ou não gosta, mas abusar não

Você não é, você não
Você não é não
A única

(a única smorffete)
A única

(a única smorffete)
A única


Autor(es): Juruna

Canciones más vistas de

Juruna en Julio