Rubinho do Vale

Voz do Jequitinhonha

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vi muita gente subir
Vi muita gente descer
Metade de um povo pedir
E um povo inteiro a sofrer

Hoje eu canto pra não chorar
Tô cansado de esperar

Vi muita gente chegar
Vi muita gente partir
Trazendo nada de lá
Levando as coisas daqui

Dizendo pro meu pessoal
Essa terra já virou teima
De dia tá no jornal e
De noite tá no cinema

Povo vivendo de teima
Povo teimoso...

Povo que vem lá de fora
Trazendo a sabedoria
Avisa lá que aqui chora
Vivendo e vendo agonia

Não querendo levar meu pranto
marcando a fotografia
Leva contigo meu canto
De dor com minha rebeldia

Este rio que hoje é calmo
Ainda vai te assustar um dia

Vale velho, vidro, verde fosco, vai brilhar
Brilha terra filha e mãe, dona desse cantar
Brilha, brilha, brilha filha, quero te ver brilhar
Brilha, brilha, brilha terra, pra me alumiar...


Autor(es): Rubinho Do Vale

Canciones más vistas de

Rubinho do Vale en Octubre