Não Dês Só Para Tirar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não vás.
Não deixes o momento só levar
A luz do teu lugar
Não tentes
Morar no corpo ausente dessa paz
Que só quer regressar
Não vás.
Não deixes o momento só quebrar,
Não dês só para tirar.
Ouve a voz lá dentro sem,
Sem medo do que o tempo é capaz
Uma voz que quer cantar
Não deixes, não deixes que se vá.

Não ouves,
Ao longe há um alvor que diz teu nome
Numa manhã de bronze
Em frente,
Ao longe toda a névoa é um lugar
Que ao perto se desfaz.
Não vás.
Não deixes o momento só quebrar,
Não dês só para tirar
Ouve a voz lá dentro sem,
Sem medo do que o tempo é capaz,
Uma voz que quer cantar
Não deixes, não deixes que se vá.

Não vás.
Não deixes o momento só quebrar
Não dês só para tirar.
Ouve a voz lá dentro sem,
Sem medo do que o tempo é capaz,
Uma voz que quer cantar.
Não deixes, não deixes que se vá.
Não deixes que se vá.
Não deixes que se vá.

Las canciones más vistas de

David Fonseca en Junio