Raul Seixas

Pra-Baixo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

É na cidade de cabeça pra baixo
A gente usa o teto como capacho
Ninguém precisa morrer
Pra conseguir o Paraíso no alto
O céu já está no asfalto

Na cidade de cabeça pra baixo
Dinheiro é fruta que apodrece no cacho
Ninguém precisa correr
Nem tem idéia do que é calendário
Num tem problema de horário
Na cidade de cabeça pra baixo

É tão bonito ver o sorriso do povo
Que habita o lugar
Olhar pra cima e ver a espuma das ondas
Se quebrando no ar

Na cidade de cabeça pra baixo
A gente usa o teto como capacho
Ninguém presica fazer
Nenhuma coisa que não tenha vontade
Vou me mudar pra cidade
Vou pra cidade de cabeça pra baixo
Olha prá cime meu filho
O chão é lugar de cuspir

Na cidade de cabeça pra baixo
É tão bonito ver o sorriso do povo
Que habita o lugar
Olhar pra cima e ver a espuma das ondas
Se quebrando no ar

Na cidade de cabeça pra baixo
A gente usa o teto como capacho
Ninguém presica fazer
Nenhuma coisa que não tenha vontade
Vou me mudar pra cidade, nego, eu

É na cidade de cabeça pra baixo
É na cidade de cabeça pra baixo
É na cidade de cabeça pra baixo


Autor(es): CLAUDIO ROBERTO ANDRADE DE AZEREDO, RAUL SANTOS SEIXAS

Canciones más vistas de

Raul Seixas en Marzo