Aloysio de Oliveira

Inútil Paisagem

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mas pra que?
Pra que tanto céu?
Pra que tanto mar?
Pra que?
De que serve esta onda que quebra?
E o vento da tarde?
De que serve a tarde?
Inútil paisagem
Pode ser que nao venhas mais;
Que nao venhas nunca mais...
De que servem as flôres
que nascem pelos caminhos?
Se meu caminho sozinho é nada...


Autor(es): Aloysio de Oliveira, Antônio Carlos Jobim