Imaginasamba

Digital

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Desde quando a gente se esbarrou não tenho paz
Quando eu te procurei na multidão não estava mais
Sua digital marcada na parte de trás
Seu nome e também o nome dos seus pais
A foto, silêncio, o rosto mais perfeito que eu já vi
Sem filtro, sem make e até hoje eu não sei o que eu senti quando eu te vi
Até hoje eu não sei o que eu senti quando eu te vi

Não pode ser do nada
Nem a pessoa errada
Nasci no mesmo dia que você
Perdido na cidade com sua identidade
Eu vou te procurar pra te dizer

Se deixar te beijar
Dou na bochecha no começo
Por que eu sei que a gente vai se conhecer

Me deixar te explicar
Que não sou louco nem maníaco
Só quero ter uma chance com você
Com você

A foto, silêncio, o rosto mais perfeito que eu já vi
Sem filtro, sem make e até hoje eu não sei o que eu senti quando eu te vi
Até hoje eu não sei o que eu senti quando eu te vi
Quando eu te vi

Não pode ser do nada nem a pessoa errada
Nasci no mesmo dia que você
Perdido na cidade com sua identidade
Eu vou te procurar pra te dizer

Se deixar te beijar
Dou na bochecha no começo
Por que eu sei que a gente vai se conhecer

Me deixar te explicar
Que não sou louco nem maníaco
Só quero ter uma chance com você

Não pode ser do nada nem a pessoa errada
Nasci no mesmo dia que você
Perdido na cidade com sua identidade
Eu vou te procurar pra te dizer

Se deixar te beijar
Dou na bochecha no começo
Por que eu sei que a gente vai se conhecer

Me deixar te explicar
Que não sou louco nem maníaco
Só quero ter uma chance com você
Com você


Autor(es): Pedro Felipe Reis Amaro, Thiago Da Silva Almeida

Canciones más vistas de

Imaginasamba en Julio