O Biscateiro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Doutor, não me leve pro xadrez
Pois é a primeira vez que entro nessa furada
Lá em casa não havia mantimento
Foi fraqueza do momento
Eu parti pro tudo ou nada
Dei um papo no dono da mercearia
Ele bem que podia resolver a situação
A resposta foi não e eu fui pra padaria
Mas também me negaram o leite e o pão
No açougue, onde o dono já me conhecia
Nem carne de segunda ele quis me fiar
Minha dor sem remédio foi pra drogaria
E também não quiseram me remediar
Sou biscateiro, doutor, eu sou honesto
Vai lá no morro ,doutor, saber se eu presto ou não presto
Circulava de um lado pro o outro pedindo "maleme"
Mas não encontrei, uma palavra amiga, uma mão estendida
Um auxílio na forma da lei
Não queria sujar o bom nome da minha família
Mas caí na armadilha, não me deram opção
E como já dizia minha velha tia
A ocasião é que faz o ladrão
Sou biscateiro, doutor, eu sou honesto
Vai lá no morro, doutor, saber se eu presto ou não presto
Os amigos da tendinha vão fazer um manifesto
Vai lá no morro, doutor, saber se eu presto ou não presto
Maria, minha patroa, vai correr atrás do resto
Vai lá no morro, doutor, saber se eu presto ou não presto
Mulher, dinheiro e viola é coisa que eu não empresto
Vai lá no morro, doutor, saber se eu presto ou não presto
Falar mal da vida alheia é uma coisa que eu detesto
Vai lá no morro, doutor, saber se eu presto ou não presto

Las canciones más vistas de

Zeca Pagodinho en Octubre