18 Anos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu fiz 18 anos, então me alistei.
Vejo a primeira baixa, a segunda e terceira...
Eu dancei...
Do trampo não escapei
Namorada nova tive que dispensar
Porque daqui a um ano, outra deve pintar

Tirei dente postiço, cicatriz até forjei
Finji banquei o vesgo
Até de gay, eu tentei...mas, não deu
Um sargento se interrompeu
Você é um cara normal... "animal"... me dei mal!

Todo fardado eu estava
Quando fui acordar
Ouvi uma corneta, ainda era madrugada
E um cara a gritar "vamos levantar"!
Ordem unida e muito ralo,
Uma coisa grudenta pra comer no almoço.
E se sobrar no jantar!

Seis meses se passaram
Soldado engrenado
Após sete cadeias, só um pouquinho alterado
Eu mudei!
Do trampo não escapei
Namorada nova tive que dispensar
Porque daqui a um ano outra deve pintar

Chegou o final do ano
O serviço terminei
Veio a primeira baixa, a segunda e a terceira
E eu maluco fiquei.
Não sei porque, eu gostei
Proteger a pátria é um serviço legal
Fico mais um ano, depois te conto a moral.


Autor(es): Marco Aurélio Gobbo

Canciones más vistas de

Musical Kuka Livre en Septiembre