Tonho Matéria

Abuso de poder

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Povos que sofreram injustiças
Ganharam marcas e feridas
Espalhadas pelo corpo
Clamam por poder e liberdade
Por justiça e lealdade
Na educação e na saúde pública

Tanto faz, se é Índia, Brasil ou África do Sul
Mahatma Gandhy, Zumbi ou Tutu
Se quem promovem as dores são os detentores do poder
E este poder é só pra se prevalecer

Não nós deixam ver o sol nascer na sela dos mandelas
Que até hoje vivem abandonados pagando centenas
Por crime que não comentaram por motivos que não vale apena

Quem manda é ele a dona corrupção
O Olodum nos põem e ação
Nos dando a capacidade intuitiva e nos avisa
Que tudo isso é abulso de poder


Autor(es): Tonho Matéria

Canciones más vistas de

Tonho Matéria en Septiembre