Abismo de Dor

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O relógio que marcava o nosso encontro
Naquela tarde cheia de felicidade
Hoje ele marca longas horas de amargura
Estou vivendo de tristeza e saudade

Estou perdido lamentando o meu fracasso
Você sorrindo neste abismo de vaidade
Sou a esperança sei que um dia será morta
Quando estiver pagando sua maldade

O teu orgulho vai te dar como herança
A vingança dos seus erros praticados
Sei que um dia você volta arrependida
De minha parte não será mais perdoada

Desiludida segue o seu caminho errante
Sentindo o peso do remorso e do fracasso
De copo em copo sufocando suas magoas
Trocando beijos vivendo de braço em braço

será perdida no recanto de tristeza
Serás chamadas de mulher que não tem dono
Vai ter um dia de chamar pelo meu nome
Quando estiver jogada no abandono

Eu peço a deus que isso não aconteça
Mesmo sabendo que você é uma perdida
Segue sua vida e não fale do meu nome
Porque você não passa de uma bandida


Autor(es): Boiadeiro / Rei Do Gado

Canciones más vistas de