A Espera da Boca

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A Espera da Boca

Na boca da noite
Na boca do dia
Na boca do povo
Na boca do lobo
Me faço de bobo
Não bebo, não brigo
Não boto pra fora
Não xingo, não ligo
E fico a espera da boca
Ai quem dera que fosse a hora de pular no seu pescoço

É eu que peguei o osso
Mas quem ficou com a carne vai se arrepender
Vai chegar a hora d'eu poder dizer
Que custou, que doeu, mas valeu


Autor(es): Carlinhos Vergueiro

Canciones más vistas de