A Flauta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você é mesmo cópia
Que Deus fez do que é bom
E ele só copia
Dando harmonia e tom
Assim como as estrelas
São iguais quando se vê
Mas na realidade
Há sempre diferença
Iguais a gente pensa
Que elas são porque
De tal modo distantes
Não têm hoje, nem antes
Que nem sopro divino
Assim feito você

Tal qual a estrela cadente
Riscando brilhante, no sideral
A flauta ardente glissando
Enfeita o universo musical
À toda gente levando
À elite ao povo mais calor
Nas cantigas para os tristes,
Aos amantes
Às crianças em cirandas
Às saudades nas varandas
Pelas bandas que escutei
Naquela praça onde brinquei


Autor(es): Billy Blanco / Sebastião Tapajós

Las canciones más vistas de

Jane Duboc en Octubre