Luís Capucho

A Expressão da Boca


Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Ando de noite de volta pra casa
Sozinho e perguntando pra mim mesmo se
Sou o tipo de boca nervosa
Ou se sou aquele tipo de boca aberta
Minha boca ta legal
Tiro a pergunta da cabeça sorrindo
Sozinho na rua.
Que loucura pode ser...é uma delicia
Pode ser uma coisa fácil
Pode ser...não entendi
Dobro a esquina escura
Ando sem barulho
Detesto cachorro latindo
Se late longe é bonito
Mas de perto ninguém gosta
Quanto ao tipo de boca que eu seja, depende
De onde eu esteja
Do que eu faça
Mais um pouco e chego em casa
Se os evangélicos e os católicos estiverem com a razão
Minha alma não se salva
Se onde as almas se salvam está cheio de evangélicos e católicos
É muito pior
Que loucura
Pode ser, é uma delícia
Pode ser uma coisa fácil
Pode ser....não entendi
Voltando à expressão da boca
A expressão da boca define a pessoa
A expressão da boca conduz aos outros movimentos dela
A expressão da boca dá sentido para os olhos
A expressão da boca centraliza o sentimento
Fica mais velha
Fica mais moça
Fica boco-moco
Fica songa-monga
Fica trincada
Revela a pessoa no momento
E também revela a pessoa mais completamente a pessoa
Fora do momento
É onde sopra o espírito...
Blá, blá, blá, blá, blá....
Que loucura pode ser é uma delicia
Pode ser uma coisa fácil
Pode ser não entendi.


Autor(es): Luis Capucho

Canciones más vistas de

Luís Capucho en Enero