Copacabana Beat

Água Nos Olhos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Essa canção sem você, é só mais uma canção
Quem dera fosse capaz de ser a nossa canção
Quem dera fosse de amor, abrisse seu coração
Falasse um pouco de mim, mostrasse a minha emoção

Faz tanto frio, não tem nem lua
Entro no carro, saio pra rua
Tô tão sozinho, saudade e sonho
Nada se move, astral medonho

Essa canção sem você é apenas uma canção
Quem dera fosse algo mais do que viver de ilusão
Se me fizesse esquecer, Porto Seguro, verão
Detalhes do seu prazer, o céu, o mar e a paixão

Águas nos olhos, será que é cisco?
Correndo tanto , correndo risco
Vento no rosto, rádio ligado
Tô sem destino, alucinado

As horas passam feito carros vão passando por mim
Devagar feito bois, conto de dois em dois
Passarelas, viadutos vão ficando pra trás
Tudo é ponto de luz, tudo em volta é fugaz

Essa canção sem você, não passa de uma canção
Quem dera fosse capaz de conseguir seu perdão
Se te buscasse de vez, fosse um atalho no fim
Trouxesse você de trem, aqui pra dentro de mim

Não me censure, fica comigo
Fecha esse abraço, me dê abrigo
Diga a verdade, mas sem exagero
Se houver carinho, quero primeiro

Vou me concentrar na estrada e desligar de você
Acho que delirei, te senti do meu lado
Tenho que olhar as coisas bem do jeito que são
Afrouxar mais o ré, devagar coração

Essa canção sem você é apenas uma canção
Quem dera fosse capaz de ser a nossa canção
Quem dera fosse de amor, abrisse seu coração
Falasse um pouco de mim mostrasse a minha emoção

Água nos olhos


Autor(es): Carlinhos Conceição

Canciones más vistas de

Copacabana Beat en Agosto