Ai, Ai, Janot

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor
(Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor)

Desta sua intenção ninguém pode duvidar
Talvez mais tarde venha a melhorar
Só sei dizer que escureceu
Mas não choveu, não choveu, não choveu

(Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor
Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor)

Desta sua intenção ninguém pode duvidar
Talvez mais tarde venha a melhorar
Só sei dizer que escureceu
(Mas não choveu, não choveu, não choveu)

(Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor
Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor)

Desta sua intenção ninguém pode duvidar
Talvez mais tarde venha a melhorar
Só sei dizer que escureceu
(Mas não choveu, não choveu, não choveu)

(Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor
Ai, ai, Janot, a sua intenção falhou
Você prometeu chover, não choveu
Que calor, que calor, que calor)


Autor(es): Antonio Filho / Gerson Filho / Pedro Alves

Las canciones más vistas de

Elizeth Cardoso en Septiembre